Acreditam?

Como é que eu podia convencer o velhote a quem passei uma rasteira sem querer, como é óbvio, de que a rasteira foi sem querer, que por uma coincidência do demo saí da porta e pus o pé no passeio ao mesmo tempo em que ele ia a passar no passeio e ele caiu redondo no chão chamando-me mulher do caralho? Isso, assim, à lisboeta e em bom som para a vizinhança ouvir no eco da manhã das ruas estreitas. Como ia eu convencê-lo, a ele que estava ali, no chão e se negava a que eu o ajudasse a levantar, continuando deitado porque as forças lhe iam todas para a voz, para gritar um nome que nunca me tinham chamado. “O senhor está bem? Como lhe explicar? E já as vizinhas tomavam partido dele, às janelas; as que se abriram porque das outras, onde as cortinas apenas se arredaram, veio a acusação.
Melhor seguir, engolir a vergonha, o segundo embaraço de um dia que começara há pouco mais de uma hora hora. Antes, no metro, foi o pé que me escorregou ao descruzar as pernas e sai disparado indo embater na canela da passageira da frente que deu um tremendo ai. Sim, fui eu quem lhe pós a perna a sangrar, mas não foi de propósito, mesmo. Acreditam?

3 responses to “Acreditam?

  1. Tens de ler um acórdão recente do Tribunal da Relação a absolver um soldado da GNR que disse que o chefe era do caralho paa perceberes que o homem não quis ofender-te. Ele pretendeu dizer que tu eras diferente, com genica, com garra. Ah! Mulher do caralho! Tipo: Ah! Grande mulher! É a mesma coisa que dizer qude o Aimar é um jogador do caralho, joga que se farta.
    Espero que assim melhor compreendas o velhote. Embora, em boa vefrdade, isso pouco importe. Sobretudo quando toda a gente que te conhece percebe que fizeste mesmo de propósito, para testar a reacção do velho. Como de costume, aliás

  2. EM tempo: Li o Saul Bellow como me aconselhaste. É mais do que uma crónica de viagem. Bom para conhecer os movimentos sionistas (eu disse conhcer, não perceber). Agora vou ler Das Kapital do Marx a ver se consigo maltratar ainda mais quem me anda a sacar as moedas do bolso.

  3. que tal umas rasteiradas nesses senhores? ainda bem que gostaste do Bellow.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s