Woody Allen em Alijó


Hoje a meia noite em Paris vai ser às cinco da tarde em Alijó.
Se Paris soubesse de Alijó… Então Woody Allen, o homem que se propôs descobrir a Europa através do cinema nos seus últimos filmes… Mas nem Paris nem Woody Allen devem saber de Alijó nem sequer do nome de muitas terras do Douro que por estes dias recebem um festival de cinema um pouco à margem, o Douro Harvest Film Festival.
Pinhão, Régua, Vidago… É isso que explica que Alijó, desta vez, veja Woody Allen primeiro do que, por exemplo, Lisboa.
E Lisboa, saberá de Alijó?
E Alijó saberá de Woody Allen e que por hoje se vai ante-estrear por lá um dos melhores filmes, segundo a crítica, que o realizador fez nos últimos tempos?
Eu vou saber de Alijó e deste último Allen.
E até há uns cinco minutos não fazia a minha ideia de que Allen e Alijó se poderiam juntar. E vão, às cinco, repito, num cine-teatro local, com as vindimas a acontecer num sábado de chuva, daquela que Deus a dá e quem anda no campo não agradece mesmo nada.

Será que alguém irá da vinha para ver Woody Allen em Paris?
Eu vou. Ver Owen Wilson a querer ser um grande escritor, a afirmar-se um intelectual, e a primeira dama francesa sem Sarkozy.
🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s