A harpa

“Quando é que ouvi falar pela primeira vez da harpa de ervas? Muito antes do outono que passámos na amargoseira; num outono anterior, portanto; e, como não podia deixar de ser, foi Dolly que me contou, pois mais ninguém se lembraria de lhe chamar isso, uma harpa de ervas.”

É Truman Capote num dos seus mais belos livros, “A Harpa de Ervas”, que a Sextante reedita em português. Que bom que é reler este Capote. Junte-se as palavras à foto, em cima, de Cartier Bresson, e temos um raro momento de beleza

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s